25 de set de 2009

Agua, um direito? Como os habitantes do Haiti se aprovisionam de água cotidianamente?


Como os habitantes de regiões muito pobres se aprovisionam de água cotidianamente? Que lugar ela ocupa no dia a dia das famílias? “A vida social da água”, pubicação organizado pelo Nucec (Núcleo de Pesquisas em Cultura e Econnomia) mostra como na em Bel Air, um bairro de Porto Príncipe (capital do Haiti), uma parte significativa do cotidiano das pessoas se organiza em torno da água. O texto descreve etnograficamente os diferentes usos da água, os circuitos de distribuição e comercialização, as relações entre política e territorialidade, os mecanismos de formação dos preços, as visões relativas à qualidade e as percepções que a população tem sobre as ações das agências do Estado e da cooperação internacional. 

Assim, discutem-se algumas questões relativas à formulação e implementação das políticas públicas, à noção de escassez, à estruturação dos mercados e às modalidades do associativismo comunitário.



Para download gratuito da publicação clique na imagem da capa do livro.

Nenhum comentário:

Outros olhares...

Porque a realidade costuma ser opaca... e, não poucas vezes, nossos olhares escorregam na sua superfície