25 de jun de 2011

1ª Semana “Cinema e Migrações” do NIEM

     Tratando dos dramas humanos, desde o plano social até o mais individualizado, o cinema não poderia deixar de enfocar as migrações. Sendo ele essencialmente movimento, uma expressão de arte que permite expor as sequências – reais e imaginárias – dos percursos de vida de seus personagens, é natural que dedique especial atenção ao migrante, aos seus momentos de passado e presente, às suas divisões entre origens, passagens e destinos.

       Nos seus onze anos de existência, o Núcleo Interdisciplinar de Estudos Migratórios - NIEM sempre considerou em um lugar muito significativo essas imagens e pessoas em movimento. Tendo nascido como espaço de debate e pesquisa da migração nas suas mais diversas dimensões, assim como oportunidade de encontro para os que se interessam, se mobilizam e se comovem com as histórias de migrantes, em muitas ocasiões exibimos e debatemos filmes. Serão cinco dias, durante os quais algumas obras significativas serão exibidas, sempre acompanhadas de debates livres entre o público e estudiosos dos temas apresentados.

Os filmes serão exibidos nas tardes dos dias 27 de junho a 1º de julho, sempre a partir das 13:30, com os debates se estendendo até as 17:00, no auditório do IPPUR-UFRJ.

No endereço:

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Migratórios (NIEM)
Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPPUR-UFRJ)
Av. Pedro Calmon, nº 550 - Prédio da Reitoria
5º andar Cidade Universitária -
21941-901 - Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Telefone: 21 2598 1923/1919 - Fax: 21 2598-1923


Inscrições pelo e-mail: NIEM.migr@gmail.com



P r o g r a m a ç ã o :
  
Dia 27/06, às 13:30:

Uma janela para a lua (Colpo di Luna)

Diretor: Alberto de Simone
Ficção (Itália, 1995)
Um homem volta à pequena aldeia em que nasceu, na Sicília, e resolve reformar sua antiga casa. Completamente envolvido com o futuro - pesquisa a origem dos buracos negros - quer se desfazer do passado. Contrata Salvatore, um velho trabalhador da região, e seus dois filhos. Descobre que eles vivem numa comunidade terapêutica, onde um jovem médico usa uma maneira criativa e diferente de tratar problemas psicológicos.

Versão em italiano, com legendas em português
  
Debatedores:
 Ademir Pacelli Ferreira (diretor do Instituto de Psicologia da UERJ)
Patricia Reinheimer (professora do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da UFRRJ)


==========================

Dia 28/06, às 13:30:

Os rapazes maus: crônicas da violência habitual (Les mauvais garçons: Chroniques de la violence ordinaire)

 Diretores: David Carr-Brown, Pierre Bourgeois, Patricia Bodet
 Documentário (França, 2004)
 
Como nasce a violência? Como ela se propaga? Quem é violento, como e porque? Quem são os culpados e as vítimas? Para uma possível exploração dessas perguntas, os diretores examinaram uma cidade média, Creil, próxima a Paris. O conjunto La Commanderie, criado para moradores franceses de classe média, tornou-se ao longo do tempo um bairro étnico, habitado principalmente por imigrantes e marcado pela atuação violenta de gangues. O filme aborda, do ponto de vista da política de habitação e da imigração, quarenta anos de história da sociedade francesa.

Versão em francês, com legendas em espanhol
 
Debatedoras:
 Luciana Correa do Lago (professora do IPPUR-UFRJ)
 Maria Julieta Nunes (professora do IPPUR-UFRJ)


===========================
 Dia 29/06, às 13:30:

Pão e Chocolate (Pane e cioccolata)
 Diretor: Franco Brusati
 Ficção (Itália, 1974)

Nino é imigrante na Suíça e trabalha como garçom. Ao perder seu visto de imigrante temporário, decide permanecer no país como indocumentado, enfrentando diversos problemas, entre eles o preconceito dos suíços. O filme retrata um momento na qual os italianos constituíam parte significativa da mão-de-obra dos europeus do sul que migravam para os países ao norte, permitindo uma reflexão sobre o momento atual, no qual a Itália tornou-se um país de imigração e também expõe sua rejeição aos estrangeiros.

Versão em italiano e alemão, com legendas em português

Debatedoras:
Miriam de Oliveira Santos (professora do Instituto Multidisciplinar da UFRRJ)
Syrléa Marques Pereira (coordenadora adjunta do Laboratório de Estudos de Imigração e Estrangeiros da UERJ; pós-doutoranda em História como bolsista FAPERJ)

===============================
Dia 30/06, às 13:30:

Atravessando o Arizona (Crossing Arizona)

Diretores: Dan DeVivo, Joseph Mathew
 Documentário (EUA, 2006)

 “Crossing Arizona” expõe a tensa situação das relações entre migrantes, estado e organizações da sociedade civil na fronteira EUA-México. O aumento nos controles de fronteira na Califórnia e Texas empurrou migrantes indocumentados para tentar a difícil travessia através do deserto do Arizona. A maioria são mexicanos em busca de trabalho, mas cada vez mais tentam também mulheres e crianças em busca de reunificação com os familiares que já se encontram nos EUA. O filme examina a crise através dos olhos daqueles mais afetados, desde os migrantes até aqueles que zelam para que cercas continuem impedindo a travessia, bem como para os que apóiam e defendem a migração.

Versão em inglês e espanhol, com legendas em inglês nas partes em espanhol
 
Debatedores:
 Helion Póvoa Neto (professor do IPPUR-UFRJ)
 Thaddeus Gregory Blanchette (professor do Campus Macaé da UFRJ)
  
===========================

Dia 01/07, às 13:30:

Migrantes

Diretor: José Roberto Novaes
Documentário (Brasil, 2007)

 A vida dos trabalhadores do Nordeste nos canaviais paulistas é o tema central de “Migrantes”. Resultado de parceria entre as Universidades Federais do Rio de Janeiro, São Carlos, Maranhão e Piauí, o documentário retrata, por meio de depoimentos e imagens marcantes, os obstáculos que os trabalhadores que migram para trabalhar no corte de cana enfrentam. A ruptura com a família, condições precárias de vida, excesso de trabalho e falta de assistência à saúde são alguns dos problemas abordados.

Versão em português, sem legendas
  
Debatedor:
José Roberto Novaes (Professor do Instituto de Economia Industrial da UFRJ)

Um comentário:

Jordania Santos disse...

Seria possivel enviar esses filmes por email ou postar no youtube para auxilio em minha monografia?
Desde já agradeço.
jordania_geografia@hotmail.com

Outros olhares...

Porque a realidade costuma ser opaca... e, não poucas vezes, nossos olhares escorregam na sua superfície